Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. OK Ler mais

Notícias

Empresas aderentes satisfeitas com a estratégia Marca Açores

O resultado do inquérito feito às empresas Marca Açores, relativamente ao ano de 2019, revela que 98% dos inquiridos estão globalmente satisfeitos com a estratégia desta marca e com as iniciativas da entidade gestora, a SDEA - Sociedade para o Desenvolvimento Empresarial dos Açores.

Para além da satisfação global, o inquérito revela o continuado aumento de vendas de produtos e serviços que ostentam o selo Marca Açores, fixando-se essa subida média nos 28% em 2019, face ao ano anterior.

Desde que foi implementada, em 2015, a Marca Açores tem proporcionado às empresas aderentes um aumento médio do volume de vendas, ano após ano.

Este aumento, fruto do fácil reconhecimento da Marca por parte dos consumidores, é também justificado pela diversidade de iniciativas de comunicação como, entre outras, o programa audiovisual 'Mundo Marca Açores', as várias feiras nacionais, internacionais e missões empresariais, a proximidade entre os gestores Marca Açores e as empresas no âmbito de todo o processo de adesão e renovação ao selo, as ações na grande distribuição nacional e regional, e ainda os eventos de ativação de marca organizados pela SDEA, dos quais se destaca-se o 'Taste Azores'.

A Marca Açores foi lançada pelo Governo Regional a 30 de janeiro de 2015, assumindo-se desde então como um dos pilares impulsionadores da promoção interna e externa da Região.

A identificação da Região com uma marca sinónima de qualidade, que diferencia produtos e serviços a partir dos atributos mais distintivos dos Açores – a natureza, o elevado valor ambiental, a sustentabilidade e métodos de produção singulares e autênticos – estão na origem da estratégia da Marca Açores, que visa o acesso e fidelização de mercados, induzindo valor acrescentado aos produtos e serviços açorianos, o que, por sua vez, permite o fomento da base económica de exportação, a geração de mais riqueza e mais emprego.

GaCS/SDEA

2020-03-13


VOLTAR